28
jan
Série MMM Cores na decoração

Harmonia das Cores: Análoga, Complementar e por Temperatura

Todos os dias, logo que acordamos, fazemos combinações variadíssimas de cores – desde a roupa que vestimos, até a roupa de cama que escolhemos para nosso quarto e as cores da mesa no momento das refeições. Muitas vezes, fazemos isso instintivamente, por intuição e bom-senso, até mesmo sem nos darmos conta.

Entretanto, como você já viu no post anterior, cada forma de combinação equilibrada, harmônica, recebe um nome específico com um grupo de regras próprias. Hoje, você vai conhecer mais três formas de harmonia:

Harmonia Análoga

Na harmonia análoga, uma cor primária é combinada com outras duas cores adjacentes a ela no círculo das cores. Na foto acima, podemos ver o azul (cor primária), o lilás e o verdinho-claro, em pleno equilíbrio, com a predominância do verde. O ambiente fica bonito e leve, com as cores e tons combinando entre si.

Harmonia por Temperatura

Uma das harmonias mais intuitivas é a por temperatura, que combina tons e diferentes cores do mesmo grupo: os frios com os frios e os quentes com os quentes. A foto acima traz um ambiente com cores frias predominantes, uma escolha completamente adequada para um quarto. Tais cores, como já vimos, transmitem tranquilidade e calma.

Nesta outra, podemos notar dois ambientes dominados por cores quentes, como o amarelo e o vermelho. Com uma boa distribuição, a composição não ficou pesada nem teve excesso de informação. O segredo para o equilíbrio nestes dois casos está no uso de cores neutras (branca e preta), dando uma quebrada nas tonalidades fortes.

Harmonia Complementar

É o uso de cores completamente opostas no círculo cromático, como é o caso do lara